3 de abr de 2016

Meu Sentir


Minha visão sobre esse mundo chamado BDSM.


Sou submissa novata. Sim, novata, e que vem aprendendo sobre si mesma e sobre o ser humano nesses últimos tempos.

No BDSM vivemos nossas fantasias e desejos plenamente, sem preconceito, podemos ser tudo que desejamos ser, No mundo baunilha somos quase sempre tolhidas por hipocrisia barata do que pode e não pode em uma sociedade praticamente machista na qual o feminismo no meu ponto de vista, vem se revestindo de traços machistas.

Em uma relação D/s somos engolidas pela magia da sexualidade livre e sem pudores, Dominadores não são deuses e submissas não são tolas, Há uma relação de cumplicidade, de entrega de ambas as partes. Para que isso aconteça a construção é lenta e muitas vezes árdua em busca dessa relação D/s "perfeita".

Não sou estereótipo de garota "boazinha", Erro, aprendo, apanho, sou castigada, e também compartilho, Todas erram um dia podendo ser por descuido, inocência ou iniquidade, sendo prontamente corrigidas e atendidas pelo aquele que a detém.

Só o que não podemos é nos tornar vítimas de circunstâncias: por exemplo uma relação mal resolvida culpar alguém pelos nossos próprios erros, covardemente imputar ao outro algo que era do nosso papel de fêmea, de submissa.


Neste ponto sei particularmente o quão complicado é o estabelecimento de um relacionamento onde preconiza-se a intensidade da entrega, a cumplicidade dos parceiros e que (in)felizmente é uma via de mão única... sou dELE, apenas isso. Por conta disso estamos expostas às mãos dos Tops, orando, que seja nas mãos certas.

Cada relação D/s é um mundo onde não existem exatamente regras que se deve seguir.

Nós submissas não somos prisioneiras, ao contrário, somos livres para pensar e vivenciar o que desejamos por isso esse mundo é encantador. Dentro da coleira, restrita, apertada, inquebrável, que a mim prende... O universo BDSM é vasto de possibilidades que encantam as todos que entram nesse mundo. Porém, os desejos ganham vida no real.

Um Dominador não é um carrasco e nem a submissa uma vítima... não venha se tornar espectadora da sua própria história, não estamos em uma guerra ou um filme em que o mocinho vence e o bandido morre, se entramos nesse mundo é por que queremos que o bandido vença, e o lobo mau nos devore... meninas, isso é BDSM!!!

Sei que nos decepcionamos, somos mulheres acima de tudo (sou a fêmea dELE e para ELE) e esperamos respeito no mínimo, mas temos também que valer este respeito, esta cumplicidade, e entrega do Dominador.... não vamos ser tolas ao ponto de pensar que é só bater e apanhar, uma velinha e um ordem por telefone, é sem dúvida algo mais contundente e profundo.

Nossa entrega também tem sentimentos e sentimentos fortes, fortes o bastante para suportar as dores e as marcas visíveis que são até um prêmio, um presente para nós submissas , mas também há marcas invisíveis guardadas no peito e que em algum momento transbordam.


Isso é emoção, isso é vida , vivida intensamente, isso é desafiador requer muitas reflexões, antes de mais nada.

Aprenda a observar os sinais, olhe em sua volta, não generalize... abra sua mente , sinta, vibre, mas tenha calma, seja paciente, espere, sei que isso não é fácil, mas a vida nada mais é que acontecimentos sucessivos de nossas escolhas , não escolha de ninguém, as nossas.

No mundo baunilha casais sonham fazem planos, juras de amor eterno, tudo muito lindo e mágico , ele jura amor eterno e fidelidade a amada ela se derrete oferecendo seu coração para aquele homem fantástico... isso quase sempre é utopia, e não falo isso como resultado de relações mal vividas, mas sim que não há no fim, quase sempre intensidade, sensibilidade, entrega.... por outro lado, não olhem como regra, mas está propicio a isso.

Na D/s sabemos exatamente qual o nosso lugar? Pense e responda para si mesma, por que para mim dominar é algo realmente para poucos o dominador tem que ter sensibilidade, paciência e perspicácia para compreender tudo que envolve uma dominação.

A submissa é uma joia nas mãos de um dominador esperando ser lapidada, ensinada e guiada. submissas são fortes e se entregam porque se sentem completas ao servir ao DONO, porém não devemos esquecer que diferente da submissão imposta, onde a submissa é vitima e se submete por medo, no mundo BDSM a submissa é livre para escolher ser prisioneira , desejando ser orientada e subjugada por um dominador.


Portanto, não vamos esperar menos de ambas a partes, a submissa e o Dominador são pessoas que buscam se descobrirem, romperem limites, transcender a felicidade ir alem.. ir além... ir além... ir além...

Os dois mundos são especiais. Não vamos nos preocupar com um ou com outro, nos preocupemos com nós mesmas para viver plenamente dentro das nossas verdades para sentirmos que ao final valeu a pena.

Queria dizer que esses são meus pensamentos porque somos eternos aprendizes eu mesma aprendi muito escrevendo esse texto, não objetivo nenhuma verdade absoluta, sendo apenas a minha verdade, que sempre busco.

Pensemos antes de pronunciar palavras que certamente ecoarão aos vento. Cuidado com nós mesmas e com o outro, não generalize, não julgue, seja auto multiplicadora e auto construtiva em um ciclo interminável, prazeroso ciclo.

Pense que vc é um objeto lindo e é inestimável, pense no seu amor próprio que mesmo na frase "eu te amo" o EU vem na frente, até a coleira esteja apertada no pescoço e vc garota sob os pés dELE.


Schanna



9 comentários:

madagascar2013 disse...

"Os dois mundos são especiais. Não vamos nos preocupar com um ou com outro, nos preocupemos com nós mesmas para viver plenamente dentro das nossas verdades para sentirmos que ao final valeu a pena." Tudo dito!
Beijo Schanna

Alexandra Souza disse...

Muito bem, gostei de ler-te

Respeito todas estas vertentes.
Não é a minha praia.

Beijocas
semana feliz

Prazeres e Carinhos Sexuais

♀♂ Overdoses Of Orgasms ♀♂ disse...

Passando para desejar uma semana linda, repleta de gostosuras em "todos" os sentidos!!!!"

Bjs da Leoa

{Λїtą}_ŞT disse...

Olá, schanna!
Como havia dito, é sempre muito bem "ouvir" alguém falar com tanta clareza de seus sentimentos submissos, principalmente se é alguém que começou recentemente a vivenciá-los e já tem tanta clareza de seu papel e de tudo que o envolve.
Faz-nos acreditar que ainda é possível encontrar pessoas que compreendem o que sentimos e que possam sentir o mesmo, ainda que seja nesses tempos onde cada dia mais as pessoas desaprendem os preceitos da submissão teimando em banalizar essa vivência que pode ser tão rica, tão diferente, tão prazerosa e tão sofrida mas, ao mesmo tempo, tão cheia de ensinamentos que nos servem para a vida inteira pq é um exercício de humildade, tolerância, paciência e, ao contrário do que dizem, de auto-conhecimento e amor próprio.
Enfim, parabéns e obrigada por compartilhar conosco tudo isso.
Beijos

♀♂ Overdoses Of Orgasms ♀♂ disse...

Passando para deixar uns beijinhos felinos marcadinhos em seu coração!!

♀♂ Overdoses Of Orgasms ♀♂ disse...

O fim de semana é a ocasião de revermos os amigos, renovarmos a alegria e revivermos as grandes aventuras. Bom findi!!!
Bjossss da Leoa

Anônimo disse...

Só demagogia barata!!! Submissas são um lixo e são tratadas como tal; os tais que se dizem donos pisam, denigrem a imagem da mulher a diminuem em prol de um ato sádico, louco é insano! Se sentir bem diminuindo outra pessoa, machucando, é coisa de gente doente! Deveria se internar! Mulheres que se deixam ser levadas por tudo isso não tem amor próprio, acham que merecem cada castigo, apanhar, deixar que outro a humilhe, é não amar a si próprio!!! Se fosse esse lindo mundo maravilhoso contato em versos e proza aqui essas pessoas se assumiriam, não precisariam se esconder, usar perfis falsos! Sinal que no fundo se envergonham! O homem/dono se aproveita da fragilidade da mulher, a desrespeita, usa e abusa e depois joga fora ainda na desculpa de que foi a mulher que errou!!! É ridículo isso... É só rodar pelo tal site da tela preta que você vê a quantidade dos lamentos de mulheres que passam pelas maiores atrocidades e depois são largadas no canto por aqueles lixos que elas chamavam de dono! Para quê viver numa relação de merda como essa?

poseidon disse...

Parabéns pelo texto,com certeza fará um Dono se orgulhar da cadela que possui.

Sdçs

Anônimo disse...

Seria mt bom te adestrar...
Seu futuro dono.
Deixe seu email...