8 de mar de 2016

A vc, mulher...

No Dia Internacional da Mulher, nós, do blog  *escravas & submissas* não poderíamos deixar de homenagear a estas mulheres tão especiais, as escravas e submissas, que servem com amor e dedicação a seus Senhores, exercendo a feminilidade em sua forma mais doce e sutil. Parabéns a todas estas que dobram seus joelhos! Sabemos o quanto de força é preciso para isto.
Parabenizamos também às Sras. Dominadoras pelo pulso firme com que conduzem seus escravos, é também preciso ter força, é preciso ter raça; às Switchers também, pela coragem em transitar dos dois lados, muitas vezes sofrendo preconceitos no próprio meio, enfim, a todas essas mulheres guerreiras que, mesmo tendo uma vida lá fora e todas as obrigações de qualquer mulher, têm a coragem de viver suas fantasias e desejos... Parabéns pelo dia!

Feliz Dia Internacional da Mulher!



Para V/vocês, um lindo poema de Bruno Kampel...


MULHER
Bruno Kampel 

Não quero uma mulher
Que seja gorda ou magra
Ou alta ou baixa
Ou isto e aquilo.

Não quero uma mulher
Mas sim um porto, uma esquina
Onde virar a vida e olhá-la
De dentro para fora.

Não espero uma mulher
Mas um barco que me navegue
Uma tempestade que me aflija
Uma sensualidade que me altere
Uma serenidade que me nine.


Não sonho uma mulher
Mas um grito de prazer
Saindo da boca pendurada
No rosto emoldurado
No corpo que se apoie
Nas pernas que me abracem.

Não sonho nem espero
Nem quero uma mulher
Mas exijo aos meus devaneios
Que encontrem a única
Que quero sonho e espero
Não uma, mas ela.

E sei onde se esconde
E conheço-lhe as senhas
Que a definem. O sexo
Ardente, a volúpia estridente
A carência do espasmo
O Amor com o dedo no gatilho.


Só quero essa mulher
Com todos seus desertos
Onde descansar a minha pele
Exausta e a minha boca sedenta
E a minha vontade faminta
E a minha urgência aflita
E a minha lágrima austera
E a minha ternura eloquente.

Sim, essa mulher que me excite
Os vinte e nove sentidos
A única a saber
O que dizer
Como fazer
Quando parar
Onde Esperar.

Essa a mulher que espero
E não espero
Que quero e não quero
Essa mulherportoesquina
Que desejo e não desejo
Que outro a tenha.


Que seja alta ou baixa
Isto ou aquilo
Mas que seja ela
Aquela que seja minha
E eu seja dela
Que seja eu e ela
Euela eu lá nela
Que sejamos ela.

E eu então terei encontrado
A mulher que não procuro
O barco, a esquina, Você.
Sim, você, que espreita
Do outro lado da esquina, no cais,
A chegada do marinheiro
Como quem apenas me espera.

Então nos amarraremos sem vergonha
À luz dos holofotes dos teus olhos,
E procriaremos gritos e gemidos
Que iluminarão todas as esquinas.


Será o momento de dizer
Achei/achamos amei/amamos
E por primeira vez vocalizar o
Somos, pluralizando-nos
Na emoção do encontro.

Essa a mulher
que não procuro
nem espero.
Você, viu? Você!






7 comentários:

Maria dos Anjos disse...

Uma postagem tão poderosa que me sinto uma analfabeta ao comentar!
Gostei de ler :))

Feliz dia para todas as Mulheres
Beijoos
Anjinha Sexy
http://prazeresecarinhossexuais.blogspot.pt/?zx=e7c3217bdcc84085

Anônimo disse...

Vocês são uma vergonha para as mulheres! Esse dia não é de vocês que se humilham diante de homens ou até mesmo outras mulheres? A mulher de verdade não pode sentir felicidade de ser humilhada! Vocês são a escória da humanidade!

{branca}_DCV disse...


Nesta data especial não existe feriado mas existe o carinho das pessoas que nos querem bem,a começar pelo Dono da gente e amigas como você.Obrigada amiga.
Te desejo um ótimo dia,beijinhosss

schanna disse...


Não quero uma mulher
Que seja gorda ou magra
Ou alta ou baixa
Ou isto e aquilo.

Não quero uma mulher
Mas sim um porto, uma esquina
Onde virar a vida e olhá-la
De dentro para fora.

perfeito!

Anônimo disse...

Amei esse poema. Obrigada por compartilhar. Beijos
Mari

♀♂ Overdoses Of Orgasms ♀♂ disse...

Feliz Páscoa
Muitos chocolates... Gostosuras... entre elas muito LOVE!!

Bjs da Leoa

♀♂ Overdoses Of Orgasms ♀♂ disse...

Não importa a cor do céu... Quem faz o dia bonito é você.
Boa Semana Meu Querido!!

Bjs carinhosos e selvagens da Leoa