12 de fev de 2015

Nova modalidade de Dono: “O Dono babá”


Submeter-se é entregar-se para ser aprisionada e usada ao bel prazer do Dono, como objeto sexual, inclusive. Sim, submissão é a entrega para infinitas práticas lindas e deliciosas. 
Mas, eu pensava aqui, se a submissão se resume à apenas isto? Claro que não, a submissão extrapola para além das práticas que nada têm a ver com sofisticação, beleza ou sedução. 


Como gosto de quebrar as certezas das coisas, e faço isto sempre comigo mesma, não importa o que vá ganhar ou perder depois, te faço uma pergunta. Pense bem antes de responder e seja absolutamente honesta consigo mesma:

_Você concorda que a submissão transcende a tudo isto? Se concorda então, ela também é:
- Aliviar o peso dos ombros do Dono.  
- Fazer o trabalho pesado para que Ele não se canse. 
- Ser alegre, brincalhona, às vezes meio palhaça, pra fazê-lo gargalhar. 
- Ser sua cúmplice em QUALQUER tipo de prazer


É, minha amiga, submissão vai muito além daquilo que pode entender nossa ainda tão pequena compreensão. De minha parte, é tudo que citei acima e irei além: carregarei sempre as malas do meu DONO, abrirei a porta do carro para ELE entrar e sair e, a menos que não seja SUA vontade, estarei no mínimo dois passos atrás dELE... em todos os sentidos. 


Do lado oposto desta escrava submissa está uma que reclama sempre. Reclama e exige.  Sua visão é completamente equivocada... Ela é míope para submissão. Só para ilustrar, uma das coisas que ela sempre diz é: 
“Quero um Dono que só queira a mim. Que me proteja. Que cuide de mim.”
E eu te pergunto:
_Que droga é esta? Isto é uma inversão de valores. Não é ela que serve ao Dono. É o Dono que está aos serviços dela. 

Ah... me desculpe, mas submissa que diz: Quero um Dono que cuide de mim, devia virar Domme e ter um escravo. Você não acha???



Que peso é este que ela coloca nas costas dele? Será que ela ainda não descobriu que, não obstante uma aparência frágil e delicada, a verdadeira submissa tem que ser uma mulher forte?
Não é ela que se equilibra sobre o Dono. É ele que se apóia nela. Ela é o chão e ele pisa sobre ela. Se ela não estiver firme irá tremer e, se isto acontecer, ele pode se desequilibrar e cair.

Era só o que me faltava... Submissa querendo dono que cuide dela... Pois então que coloque um anúncio no jornal com o título:


“Procura-se uma babá”

Amar Yasmine
a escrava encantada do
SENHOR DIABLO

23 comentários:

Anônimo disse...

Texto perfeito Amar
sem palavras para comentar o quanto vc esta certa em cada uma delas.

Beijos e parabe´ns pelo texto.

vivi_DPINHEIRO.

meigasub disse...


Adorei o texto!!!
Muito propício publicá-lo justamente hoje (estréia do filme 50 tons...) , onde
"surgirão" várias submissas buscando/sonhando em ter um
Dominador babá.

Beijosssss

{Λїtą}_ŞT disse...

É, amada...
Vc sabe que concordo (e como concordo!) com cada linha escrita aqui, esse tema está sempre nas nossas conversas.
"Quero um Dono que cuide de mim."
E vc, moça... o que está disposta a fazer por ele? Essa pergunta geralmente fica sem resposta.
As pessoas confundem submissão com todo tipo de coisas e a expressão "verdadeira submissa" está para ser abolida do meio diante do clamor das "injustiçadas" mas, assim como vc acredito que não existe meia submissa: ou é ou não é.

Beijos

RobertoDom disse...

Cada dia mais difícil achar uma
submissa de verdade.As que chegam
agora influenciada por filmes e livros de romance se acham só com
direitos e nada de deveres.

Rebeca disse...

Acho que a CUMPLICIDADE que há em um relacionamento SM, é o que alimenta cada gesto, doação, prazer, dor e desejo entre ambos.

É se despir de si mesmo e "cuidar" do Dono, não o contrário.

Belo texto.

Beijos

ÜмbЯǺ_ disse...

Eu confesso que tenho por vezes..."rasgos dessa submissa"!!
Aquela que em determinadas alturas da Vida,deseja TANTO..ser cuidada,tal como se fosse uma submissa,mimada!

Mas...quem nunca teve destes rasgos de necessidade?!

Amo, te ler,minha AmigAmar.
Mais um texto, sentido e verdadeiro.

Beijos doces,

umbra_DM

Anônimo disse...

Amar obrigada!! Aprendo muito com seus textos e principalmente VC me faz refletir bjo
hadara

luah negra disse...

Amar...
Ótimas colocações e entendimentos !
Inversões de valores como essa estão cada vez mais evidentes.
Texto providencial o seu .
Beijos meus .

DOM_PINHEIRO disse...


Muito boa a colocação...

Lickia disse...


Veio bem a calhar. Ótimo texto!

_belle_de_jour_ disse...


Muito bom ler um texto assim, intenso, forte e repleto de colocações que nos fazem refletir.

Ignis_Venus disse...


Desculpa pela invasão! Gostaria primeiro de te dar os parabéns por escrever tão bem e por trazer à baila um tema tão comum no nosso meio, mas tão pouco discutido. Quero só te pedir licença pra discordar de alguns pontos que vc colocou. Tenho pouco tempo nesse meio e só agora estou realmente vivendo uma D/s, portanto posso estar falando besteira, mas de uma coisa tenho muita certeza, antes de sermos sub somos mulher e qual mulher não gosta de ser cuidada!? Claro que aqui o "cuidado" tem outra conotação. Eu sou sim o brinquedo, o objeto, o capacho, a peça que meu Dono usa qdo e da forma que melhor lhe agradar. Estou sim numa posição inferior a Dele, mas estamos juntos numa relação e como toda posse preciso de cuidados pra me manter em condição de uso, preciso saber ser querida, desejada, preciso que Ele preze pelo meu bem estar físico e mental, preciso que Ele saiba me usar pra não me causar danos irreparáveis. É esse cuidado que não pode ser confundido com bajulação. Não quero uma relação do tipo S/d como ando vendo por aí, onde é a Submissa que possui o dono, ditando por pirraça, manha ou outras artimanhas o rumo que a relação deve ter. Enfim, ser cuidada e muito bem cuidada é meu direito como sub e é só isso que espero Daquele pra quem entrego muito mais que meu corpo.

LuneReine disse...


Nossa..... perfeito!

sapatosc disse...


Bom texto...repassa muitos ensinamentos...

CarrascoMestre disse...


@Amar Yasmine SD
Com que satisfação e com quanto prazer li seu texto, sem enrolar vc vai direto ao ponto, muitas vezes vejo acontecer uma verdadeira inversão de valores... E DONO MANDA... Ou se eh DONO em toda a extensão desta palavra, ou não.
Parabéns, fico realmente feliz qdo alguém acende uma luz na escuridão do BDSM
Saudações BDSM a seu DONO e um forte abraço a ambos
Carrasco Mestre*

SR_TORTURADORCRUEL disse...


amarzinha SEMPRE COLOCANDO OS PINGOS NOS IS.... BJKZ

isadhora disse...


Bom dia a todos.
Eu adorei o texto, bem coerente como todos do blog.
Mas, eu tenho que falar o que me aconteceu, quando entrei pra esse mundo eu pensava, sim, que um DONO tinha que cuidar, eu lia muitos recados das submissas relatando que seus Donos cuidavam, eram protetores., também lia blogs, que continham tal ressalva, não tenho vergonha de dizer que tinha essa visão, porque ninguém nasce sabendo e uma submissa esta sempre em evolução.
Também penso que cada relação é única., com suas necessidades e desejos.
Enfim, para resumo da ópera, foi no ano passado que ouvi do Dono de mim, que ELE não me queria pra cuidar, e sim pra me usar como ELE bem quisesse, desejava minha submissão, de corpo mente alma e coração.,
Também tenho a consciência que se eu precisar DELE, sempre irá me nortear, dar apoio., mas, na posição de submissa sei que minha obrigação é ser fonte de prazer e não de problemas, ou ser um fardo em sua vida,
Tenho que ser um brisa suave em sua vida.
Ainda estou aprendendo e sendo moldada., pois sempre estamos nos desconstruindo, reconstruindo e construindo.

com carinho
isadhora

bete disse...


Bom textos as subs de alma deveriam ler...pq eu li o texto e disse: eu não sou submissa, ( nunca afirmei que era, e nem que nunca irei ser) mas muita menina ai diz que é então....deve ser neh...já que Dono aceita todas as vontades , todos os xiliques e manhas...
mas quem sou pra criticar alguém, daqui pouco estão me dizendo que sou invejosa, tenho inveja da mega felicidade de casais bem baunilhinhas... Bom realmente eu admiro muito uma submissa, aquela desejar ser submissa.

CarrascoMestre disse...


Costumo dizer já há muito tempo que uma escrava deve encher os olhos do DONO, e não seu saco.

CarrascoMestre disse...

Mas há um lobby de subs q pensam diferente e defendem suas idéias e seus ideais, q nem sempre são os do DONO... Éco... Cada qüá com seu piqüá...

Anônimo disse...

Amar,
Já faz tempo que eu penso que submissão é para os fortes. É a força do submisso em se moldar aos anseios do Dominante, a força em curar suas feridas sem dar trabalho, a força de ser um pilar inabalável, que faz a relação d/s durar e ser prazerosa.
Apóio seu ponto de vista. Quer ser cuidada? Contrate uma babá.
Bjs saudosos.
Bia

marcosliberal disse...

Eu confesso que quero muito ser corno sou casado com uma gata morena alta magra corpo tipo modelo linda linda demais porem confesso que desejo vê-la sendo fodida por um grupo de machos safados quero vê-la sendo amarrada e sodomizada por muitos machos quero torna-la uma escrava submissa de um grupo de machos que curtam amarrar cuspir mijar e humilhar minha esposa sonho ser amarrado e assistir a tudo de camarote imobilizado sem poder reagir confesso que quero vê-la sendo forçada a beber porra quente de vários machos . resumindo confesso que desejo ver minha esposa sendo escravizada a força por um grupo de machos sujos que queiram apenas usa-la por todos os buracos.” para machos que curtam amarrar a ninfeta e usa-la a vontade totalmente indefesa e submissa!!
sera servido um banquete de buracos buceta cu e boca para usar a vontade em grupo!
preferencia a machos sujos sadistas que curtam mijar cuspir e humilhar uma gata !


e-mail marcoscorno@bol.com.br


mandarei fotos aos interessados contato inicial somente por -email

Anônimo disse...

A principio discordei, mas meu Mestte explicou e entendi e agradeço esta orientaçao. Modificou minha visao. Suzi puta